MIND #2 O terrorismo secreto energético



Hoje de manhã apareceu-me este video no feed do facebook e soube super bem acordar com uma das minhas músicas favoritas e claro vindo associado ao festival One Love Machester que serve como causa beneficente aos ataques terroristas no Reino Unido e do Mundo.

O Terrorismo politico ou religioso já é algo que acontece há muitos anos, no entanto na última década tem despertado um maior interesse global e por parte dos jovens e claro, por algum motivo bom será e quero acreditar que seja por estar a acontecer um despertar de consciência.
Politicas e religiões à parte, que não é para isso que este blog existe e não é que não entenda do assunto mas que não interessa agora aqui a minha opinião em relação a isso mas apenas esta,: questiono-me até que ponto as energias negativas que criam vibrações para lá de péssimas que são projectadas todos os dias de todos nós simples comuns mortais, não influenciarão toda esta onda ou tsunami de acontecimentos tristes gerado por, no fundo, outros humanos como nós?
Se partimos do principio que cada pensamento equivale a um bater de asas de uma borboleta e por cada bater de asas da borboleta, se gera uma onda no outro lado do mundo, ou seja cada pensamento ou afirmação ou acção por mais pequena que seja, tem uma consequência em maior escala daquilo que se possa imaginar.
A verdade é que estamos tão centrados no nosso mundo ou próprio umbigo com um raio de km tão minúsculo, que esquecemos e ainda não desenvolvemos a consciência presente no nosso dia a dia, que todos somos um porque todos estamos ligados e não só entre humanos mas com todos os seres vivos e principalmente a terra, ora não fossemos todos e tudo: energia. Um conceito já bem famoso e conhecido há largos anos. (E parto do principio que todos se lembram do que estudaram na escola e saibam como a energia funciona.) Ou então temo-nos em tão pouca estima e acreditamos ser tão pequeninos que não acreditamos ter o poder de com um só pensamento e acção podemos fazer toda a diferença, e digo em larga escala.
Por isso quando vejo pessoas que por um lado, ficam transtornadas com as noticias sobre terrorismo politico e/ou religioso mas depois têm acções ou opiniões ou palavras tão pouco positivas ou que "gozam" e criticam pessoas e profissionais que só partilham palavras positivas e de ajuda pessoal, ou músicas calmas e com sentimento...vamos lá ver: quando é que pomos o nosso gosto pessoal, o nosso dedinho chatinho que insiste em se meter em tudo, porque é aí que entra o ego que nos faz esquecer a essência da coisa e aliás a única questão deveria ser: é positivo ou negativo? se é positivo meus amores, just let it be e não critiquem e não se queixam, ou se alguém vos "atacar" não ataquem de volta porque só vos faz mal a vocês, por isso é burrice da vossa parte.
Se existe outro terrorismo que me preocupa, é aquele que acontece por pessoas que nem sabem o poder que têm e que são inconscientes.  Portanto, se queremos uma vida mais consciente e plena e isso irá se reflectir no nosso bem-estar físico, mental e energético, devemos começar por saber que cada palavra, cada pensamento tem uma energia e em grande escala.
Como podemos desejar a paz no mundo, se nem no nosso mundo estamos em paz, se estamos sempre a bombardear com palavras e pensamentos negativos os outros e a nós próprios, com agressão verbal, queixas e com o tão viciante acto de refilar.
Atenção todos somos humanos e às vezes isso é uma técnica que a nossa mente usa para descarregar algo que nos está a incomodar ou a frustrar. Foi assim que nos habituaram a fazê-lo e todos nós temos a recaída de cair no vicio nem que seja de ralhar com alguma coisa. Mas eu digo por experiência própria porque já fui super refilona e melhorei bastante, posso dizer que tive fases que nem o trânsito me afectava (agora em fase mais desafiante confesso e se calha este texto serve também para re-apelar a minha consciência a esta realidade). Mas é algo que se pratica, aliás repito que a mente é como um músculo que se treina e se molda à nossa maneira. Nós podemos ser quem quisermos, dá trabalho, imenso: apagar toda a educação que nos foi dada, todas as influências e pressões que fomos adquirindo por parte da sociedade, todos os hábitos de pensamentos que fomos ganhando com as nossas experiência de vida, apagar isso tudo se quisermos ser free spirit é difícil, até porque estamos sempre a ser postos à prova mas é possível, uma coisa de cada vez. E podemos começar por aí, por escolher sermos mais bondosos connosco e com os outros e o mundo no que toca não só às nossas acções mas no que toca a pensamentos também porque os pensamentos são aqueles momentos que "ah e tal aqui que ninguém nos ouve" mas o Universo "ouve" ou Deus como quiserem chamar ou acreditar no que toca a este conceito. Para mim, o Universo também sou eu, eu sou o meu Deus, e eu vou ouvir, aliás apenas eu oiço a minha consciência e todo o lixo negativo em forma de pensamento e isso irá gerar uma acção ou falta dela e isso gera uma consequência e isso irá ditar a minha vida e toda essa vibração irá afectar numa escala enorme.
Por isso quando me perguntam, por onde começar, comecem por serem honestos convosco e admitirem onde estão os vossos pensamentos negativos e ganharem essa consciência e sempre que eles surjam, corrigi-los para positivos e de seguida sermos bondosos e gentis com o próximo, sorrir para um estranho pode mudar uma vida inteira e todo o curso de uma história (já pensaram nisso?). Acho que até aqui é senso comum. E deixem-se de afirmações como "isto não é para mim" "ah eu sou assim ou assado portanto não dá" "eu só atraio isto ou aquilo"...ESQUEÇAM! Deixem-se surpreender!

Agora técnicas mais concretas, surge-me em primeiro os 5 princípios de Reiki que nos podem ajudar bastante a reflectir e pode parecer parvo eu entendo, mas recitar estes princípios faz muita diferença.

Só por hoje
Sou grato
Confio
Sou calmo
Trabalho/penso/ajo honestamente
E sou bondoso.

Experimentem! Experimentar não custa.

Também podem, arranjar um bloco de notas e irem apontado sempre que algum pensamento negativo surgir e transformá-lo em positivo, mas sem palmadas nas costas sempre que isso acontecer. Acima de tudo tenham compaixão pelo ser humano tolo que são e que somos todos, faz parte.

Mas acho que tudo se resume a redefinir prioridades e pensar mais com alma e menos com razão. Sermos mais bondosos e termos compaixão e acima de tudo, aceitação. Se o trânsito enervar porque vão chegar atrasados, aceitem, por algum motivo é, se alguèm vos falar mal, aceitem e tenham compaixão pelo interior dessa pessoa, e não levem a peito até porque ela só está a exteriorizar o estado do seu interior e faze-lo com violência só irá bloquea-la e a somente a ela e quem sabe o desafio não será entre ofensas que estamos a ouvir, devolver com um abraço? eheh difícil mas gratificante.
Deixemo-nos de terrorismo energético e queiramos ser positivo. Esse é o desafio. Sermos pessimistas e negativos é fácil mas não nos leva a lado nenhum nem corresponde à realidade.

Isto para dizer, que devemos ter consciência que cada acto, palavra, pensamento positivos que tivermos fazem maior diferença do que podemos imaginar e eu acredito que se esta consciência voltasse a ser em grande escala, que a Paz no Mundo seria possível mas isto sou eu. Até lá, trabalhem na paz do vosso mundo.

And believe, lights will guide you home.

Comentários